18 de jun de 2014

Resenha - Série Hush Hush - Finale + Elenco dos sonhos #2

Hello pessoas!
Aqui estou novamente resenhando o último livro de uma série sobre anjos. Chegamos à mais um desfecho romântico e quase apocalíptico (só que nem tanto) de um mundo de criaturas místicas. 

Ahh e tem Spoiler!

Tá bom de ladainha neh. Deu!

Spoiler!!!!

Livro: Finale
Autora: Becca Fitzpatrick
Editora: Intríseca
Sinopse: Nora e Patch pensavam que seus problemas tinham ficado para trás. Hank estava morto, e seu desejo de vingança não precisava ser levado adiante. Na ausência do Mão Negra, porém, Nora foi forçada a se tornar líder do exército nefilim, e era seu dever terminar o que o pai começara — o que, essencialmente, significava destruir a raça dos anjos caídos. Destruir Patch. Nora nunca deixaria isso acontecer, então ela e Patch bolam um plano: os dois farão com que todo mundo acredite que não estão mais juntos, manipulando, dessa forma, seus respectivos grupos. Nora pretende convencer os nefilins de que a luta contra os anjos caídos é um erro, e Patch tentará descobrir tudo o que puder sobre o lado oposto. O objetivo deles é encerrar a guerra antes mesmo que ela venha a eclodir. Mas até mesmo os melhores planos podem dar errado. Quando as linhas do combate são finalmente traçadas, Nora e Patch precisam encarar suas diferenças ancestrais e decidir entre ignorá-las ou deixá-las destruir o amor pelo qual sempre lutaram.

♠♠♠
Eu comecei a ler Finale, parei e voltei e fui até o final. O começo é bem parado e sem ação. Continuamos com aquelas intrigas de casal com a Nora escondendo algumas do Patch e ele omitindo aqui, se esgueirando ali. Enquanto finge estar do lado dos nefilins, Nora se envolve com as artes do mal e acaba viciada. Já que essas a deixam poderosa. Só que aqui, aquilo que te fortalece também te mata. E como Patch abomina as artes do mal, ela acaba tendo que mentir pra ele. 

Eu fiquei p*ta com a Nora. Ela estava pouco se lichando para a causa nefilim. Ok. Ela não pediu pra liderar exército nenhum, aquela se quer era a sua guerra. Mas ela em diversos momentos deixou bem claro que não estava nem aí pra eles. Que por ela as coisas deveriam permanecer como sempre foram: anjos caídos possuindo os corpos de seus vassalos nefilins e fazendo com eles o que bem entendessem, desde ela pudesse viver em paz seu romance com Patch. Problemas se a vida dos nefilins e consequentemente a dela, já que é uma nefilim, fosse arruinada pelos anjos caídos. 

É tipo assim: Existem dois tipos de problemas: os seus e os meus.

Patch, continua lindo e maravilhoso como sempre mas, nesse livro aquele cara irônico e sexy que conhecíamos se mandou com promessas de nunca mais voltar. Esse lugar ficou pro Dante. Um dos braços direitos do Mão-Negra que se propõe a treinar Nora para que ela lidere os nefilins. É ele que a vicia em artes do mal. (ps: se estiver errada me corrijam. É que li faz um tempinho.)

Marcie, vai ser sempre Marcie. Acho que ela foi a única coisa boa que restou dos outros livros. Continua impulsiva e sarcástica como sempre. Ela descobriu que tem alguns poderes e não ousa em usá-los, ainda que seja na Sra. Grey. Ah o Scott também. Mas ele tá menos engraçado e sínico do que nos livros anteriores e tá mais pra um guardião super protetor, e teve um fim (palhaçada o que a Becca fez com o Scott. Não vou contar, mas é ridículo), que não faz jus à sua participação na história ao longo do livro.

O que aconteceu ao Scott foi péssimo, mas não paramos por aí. O que aconteceu com a Vee, foi completamente sem sentido. E esse eu vou contar: ela é uma nefilim. Dá pra acreditar? Nem eu acredito. Sério. Fico me perguntando se a autora realmente não sabe o que significa ou, quis ignorar mesmo o conceito de verossimilhança quando no último livro da saga resolveu que Vee seria uma nefilim. Estamos falando de uma saga. Ou seja, um livro deve se ligar ao outro. E a Vee nefiliem (eu até gostei que ela fosse uma nefilim no final, só que não faz sentido enhum pra saga) não liga com nada na história.

Eu li, li, li e nada de ação. Imaginei que Finale seria cheio de suspense e mistérios como foi Silêncio, que me deixou com os nervos á flor da pele mas, não. Um lenga-lenga daqueles e, quando finalmente a ação começa, o livro acaba. Assim como chuva passageira, que antes de cair traz os trovões e relâmpagos, escurece o céu todo, e depois de algumas poucas gotas acaba. 

Fiquei decepcionada.

Decepções à parte, temos um novo Dreamcast para Hush Hush:

Como Patch CiprianoAaron Johnson



Posso pedir pra embrulhar?
Acho ele lindo. Perfeito! *-* Será que finalmente temos o Patch ideal? Bem, não sei o de você mas, o meu com certeza!


Como Nora Grey: Troian Bellisario



Conheci Trioan através de Pretty Little Liars e ela é uma atriz incrível. Merece um Emmy. Além disso ela magra e alta, como a Nora.


Como Vee SkyAshley Benson

Pois é outra Liar. Gosto muito da Ash e acho ela perfeita pro papel de Vee. Sem contar que ela e a Trioan tem muita química em cena. E isso é de suma importância.


Como Marcie Millar: Victoria Justice


Novamente e sempre, até quem sabe apareça uma melhor.


Como Scott Parnell: Brant Daugherty
Noel hoje, Noel amanhã_ quer dizer: Scott hoje. Scott amanhã. Scott sempre.


Como DanteThomas McDonnell
Assim, não sei direito se ele encaixa na descrição do Dante mas, o encontrei no Google e achei bacaninha. 


E aí? Curtiram? Tem alguma sugestão pro Cast?
Conta pra gente nos comentários!

Kiss bye!




Nenhum comentário:

Postar um comentário