3 de mar de 2014

Resenha - Dezesseis Luas







Olá pessoas!!!

A resenha de hoje é de autoria da parceira Tahyza, autora do blog O Suficiente
Quem ainda não conhece O Suficiente, não sabe o que está perdendo. O blog tem muita coisa boa pra todos os gostos: livros, músicas, cinema, tv, poesia... e muito mais que você vai ter que acessar pra descobrir! E garanto, não vai se arrepender. 

E vamos à resenha!
♠♠♠
Autoras: Kami Garcia e Margaret Stohl
Paginas: 490
Editora: Galera Record 

Sinopse: Ethan é um garoto normal de uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e totalmente atormentado por sonhos, ou melhor, pesadelos com uma garota que ele nunca conheceu. Até que ela aparece... Lena Duchannes é uma adolescente que luta para esconder seus poderes e uma maldição que assombra sua família há gerações. Mais que um romance entre eles, há um segredo decisivo que pode vir à tona. Eleito pelo Amazon um dos melhores livros de ficção de 2009. Direitos de tradução vendidos para 24 países. Um filme da série está sendo produzido. "Pacote completo: um cenário assustador, uma maldição fatal, reencarnação, .

Algumas Paixões estão predestinadas... Outras estão amaldiçoadas.
♠♠♠
Esse livro já estava na minha lista de leitura desse ano, mais confesso que não encabeçava a lista até que eu fui ao cinema e vi o trailer do filme que é baseado na obra literária, assim que vi o trailer pensei “preciso ver esse filme” mais para isso eu preciso ler esse livro para ontem, por isso corri para comprar e fico feliz em dizer que ele valeu cada centavo gasto.

O livro traz a vida de Lena e Ethan e diferente de outros livros ao qual eu estou acostumada, essa historia é narrada por ele um menino comum, que sempre viveu em uma cidade pequena e sempre sonhou em sair dela, por falar em sonho o protagonista tem pesadelos com a mesma garota repetidamente por meses, até que um dia ele esbarra com ela no meio da rua e ela não é ninguém menos que Lena a sobrinha do recluso da cidade, mais esse é de longe a coisa mais importante sobre Lena pois ela é uma Conjuradora (como se fosse bruxa), que em seu Décimo sexto aniversário poderá ir para as trevas ou para luz, e é por essa linha que a historia segue, o medo de Lena de ser das trevas, o controle dos seus poderes, o inicio do amor dos dois protagonistas, a descoberta de uma maldição, tudo que me deixa vidrada em um livro e com esse não foi diferente.

Com um dialogo bem escrito, um ritmo para lá de bom, e acontecimentos que ficam na linha entre o sobrenatural e o natural, eu me vi envolvida com a historia de Lena com uma facilidade incrível, li esse livro em dois dias (meu fim de semana), não queria comer, dormir ou dar atenção para meu namorado. 

Outros personagens dão vida a esse maravilhoso mundo dos conjuradores, Tio Macon, Tia Del, Amma, entre outros personagens que ajudam a contar essa historia, além dos personagens incríveis temos uma descrição muito bem feita de detalhes e sobre a Guerra Civil na Carolina do Sul, mais a descrição bem elaborada em nem um momento me cansou ou me deixou desinteressada, pois flui com muita naturalidade impressionante e se junta ao bom dialogo.

Devo ressaltar uma coisa sobre a historia que me deixou muito satisfeita eo nome dessa coisa é Lena, não desmerecendo nem um outro livro, mais eu sentia falta da menina ser a poderosa, da menina ser o centro, não penas uma personagem apaixonada que olha com olhos de melação para o protagonista lindo e tudo de bom o tempo todo, e o melhor é que L. é o problema e a solução durante todo livro. 



Para terminar essa resenha quero dizer que meu livro veio com alguns erros, como por exemplo, palavras escritas erradas, trocas entre masculino e feminino e uma impressão que não está nem de perto impecável, mais nada que atrapalhe ou tire o brilho do conteúdo ali apresentado, então é isso espero que tenham curtido a resenha e que gostem do livro tanto quanto eu, lembrando que já está disponível em português a sequencia Dezessete Luas e Dezoito Luas (que eu logo resenho aqui), e mais você pode conferir Lena e Ethan nas telonas.



" Dezesseis luas, dezesseis anos.Dezesseis dos meus mais profundos medos


Dezesseis vezes você sonhou com minhas lagrimas

caindo, caindo ao longo dos anos..."





2 comentários:

  1. Quero ler o livro para assistir o filme, mas tenho tantos outros na frente que nem é prioridade =/

    http://tudoquemotiva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ei Rosana!
    Pode ler sem medo! Só tenho ouvido coisas boas sobre esse livro!

    ResponderExcluir