19 de set de 2013

Resenha - A marca de uma lágrima

Quando li "A marca de uma lágrima" pela primeira vez (pois é, hoje já perdi a conta de quantas vezes li), eu estava na sétima série. Foi uma das melhores leituras que já fiz. Na época então, eu lia freneticamente, um livro atrás do outro e, esse foi simplesmente emocionante. 



Livro: A marca de uma lágrima
Autor: Pedro Bandeira
Editora: Moderna

Isabel é uma adolescente de 14 anos, um tanto infeliz já que não gosta da sua aparência, e se sente a pessoa mais feia do universo. Por esse motivo trava infinitas batalhas com o Inimigo (espelho).  Filha de pais separados, ela vive com sua mãe, que quando não está de mau humor, está com enxaqueca. O pai não é dos mais presentes. Assim Isabel vai levando sua vida, é claro que ninguém sabe o que se passa dentro dela. Afinal, por fora ela é outra pessoa. Divertida e brincalhona,piadista,  que vive fazendo os colegas rirem. 

"— Todos riem, não é? Só que eu nunca dou tempo para que riam de mim. Eles têm de rir do que eu digo. Têm de rir comigo, na hora que eu quero que eles riam. Todo mundo ri do que eu digo, não é? Isabel, a grande gozadora! Isabel, a contadora de casos. Vamos, riam todos com Isabel!"

Além dessas características Isabel é muito inteligente e escreves poemas lindos. 

"Quero fundir meu corpo
no teu corpo junto ao meu.  
Nos teus braços serei cega  
pra que sejas o meu guia.  
Nós seremos a matéria,  
nosso amor será a energia..."

A vida de Isabel sofre uma reviravolta, quando o primo Cristiano, que não via desde a infância volta. Isabel se apaixona por ele, e bêbado durante a festa de aniversário do primo, acredita que ele a beijou. No entanto, na escola, Cristiano pede a Isabel que a ajude a conquistar sua melhor amiga, Rosana. decepcionada Isabel, se esconde no laboratório da escola, para chorar suas mágoas. Enquanto está lá no escuro, alguém entra e pega um vidro de Linamarina, um poderoso veneno.

A diretora da escola de Isabel, é encontrada morta em sua sala. Acredita-se que foi suicídio, porém, há uma série detalhes, que não se encaixam direito. O que levanta outras hipóteses, para a morte da diretora. Por ter visto alguém entrando no laboratório e pegando o veneno _ que a diretora supostamente usou para se matar, Isabel se sente ameaçada e perseguida. Não bastasse o infernos que é sua vida sentimental ela agora tem de lidar com mais isso.

No meio de tudo isso, aparece Fernando que está apaixonado por Isabel e fará de tudo para conquistá-la. Inclusive se meter junto com ela na confusão da morte da diretora. No entanto, Isabel não quer vê-lo nem pintado.

Pedro Bandeira (o Reeei), criou uma narrativa simplesmente incrível! Tem mistério, romance, drama e tudo muito bem combinado. Isabel é uma personagem, como posso dizer? Bem adolescente, tem os conflitos da idade mas é ao mesmo tempo muito madura e engraçada. Seus pensamentos e falas irônicos, conferem ao livro um ar leve e engraçados em diversos momentos. E os momentos de drama, são de trazer lágrimas aos olhos e pingar nas páginas do livro.

Recomendo demais a leitura. É um livro 5 estrelas que você lê uma tarde. Então não tem desculpa!

Bjos, inté.

Nenhum comentário:

Postar um comentário