21 de mai de 2013

Resenha - Estilhaça-me = Frases do livro



"Na ausência de relacionamentos humanos, criei laços com as personagens de papel. Vivi amor e perda por meio das histórias enredadas na história; experimentei a adolescência por associação. Meu mundo é uma teia entrelaçada de palavras, amarrando membro a membro, tendão a osso, pensamentos e imagens todos juntos. Sou um ser composto de letras, uma personagem criada por frases, um produto da imaginação fabricado por meio da ficção."
Juliette



Título: Estilhaça-me
Autor: Tahereh Mafi
Editora: Novo Conceito


Juliette,está aprisionada há 264 dias, numa espécie de hospício, e já demonstra sinais de insanidade. O isolamento ao qual é submetida é torturante. Mas as coisas começam a mudar quando ela recebe um novo companheiro de cela, que ela conhece muito bem. Adam, seu novo companheiro traz consigo lembranças do passado de Juliette. Um passado que a atormenta. Um passado marcado por rejeição, medo. O medo de si mesma, o medo do que ela é capaz de fazer. Julliete tem um dom, um poder:

"Tenho uma maldição."    - "Tenho um dom."

Juliette foi aprisionada por ser uma ameaça a sociedade "útopica" retratada em "Estilhaça-me" que é marcada pelo Restabelecimento, um regime que promete consertar os problemas enfrentados pela humanidade, mas, não é bem assim que acontece. Warner, o vilão da estória, quer usar Juliette, como arma pra aumentar seu poder perante a sociedade. O que rende um belo confronte no decorrer do livro.


"...Não conseguimos mais produzir alimento suficiente, não conseguimos mais manter a vegetação suficiente para os animais, e não conseguimos alimentar as pessoas com aquilo do que elas precisam... O tempo, as plantas e a sobrevivência humana são indissociáveis. Os elementos naturais estavam em guerra uns com os outros porque abusávamos de tudo. Abusávamos de nossa Atmosfera. Abusávamos de nossos animais. Abusávamos de nosso semelhante."
                                                                                                                                                  pág. 28-29

Estilhaça-me chegou até mim com um grande peso, afinal, só li resenhas positivas sobre o livro. Ou seja as expectativas estavam super em alta. E essas expectativas foram confirmadas. "Estilhaça-me" é intenso, sedutor, misterioso. É um mundo fictício que pode estar mais perto do que imaginamos.

Estilhaça-me é impressionante, uma leitura gostosa, intensa, o enredo flui e é viciante. Eu amei! Nos faz pensar, refletir na sociedade em que vivemos, no que temos e não damos valor. Apesar do final me lembrar muito o Quarteto Fantástico (rsrs). Mas, veremos os próximos capítulos. Já que "Estilhaça-me" é o primeiro livro de uma trilogia, e já foi lançado no Brasil o segundo volume: Liberta-me, que já estou desejando. Espero que vocês tenham gostado, e super indico, é um livro super interessante, e vale muito à pena!







Nenhum comentário:

Postar um comentário